13/03/2014 Noticia AnteriorPróxima Noticia

Comunidades de São Pedro e Lumiar se mobilizam para impedirem algumas obras do Estado em seus distritos.

Uma parte das obras que beneficiariam os distritos de São Pedro da Serra e Lumiar não são desejadas pela comunidade do quinto e o sétimo distrito de Nova Friburgo, entre elas, a reforma da bela e bucólica praça de Lumiar, a qual a comunidade tem grande apreço e não quer ver modificada, principalmente, em função do projeto do Estado, considerado horroroso pela população, pelo excesso de cimento e de modernidades inadequadas ao perfil histórico-cultural do distrito. A comunidade de São Pedro da Serra também tem várias críticas a alguns aspectos do projeto e está se mobilizando para impedir a consumação destes aspectos estruturais e paisagísticos considerados inaceitáveis e não pactuados com a comunidade.

A empresa vencedora da licitação foi a Hécio Gomes Engenharia Ltda, que teve o contrato assinado neste mês de março e tem o prazo de dez meses para finalizar o projeto de execução das obras, que devem começar o quanto antes.

São R$ 6,1 milhões provenientes do Programa de Desenvolvimento ao Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Prodetur-RJ), com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Ministério do Turismo (MTur) e Governo do Estado. Com os recursos devem ser recuperadas as praças Levy Aires Brust, Carlos Marchon e Praça do Lago, em Lumiar; e a Praça João Heringer, em São Pedro, que vai ganhar um novo chafariz e terá outros itens restaurados. Em Lumiar, além da recuperação das três praças, serão remodelados o sistema de drenagem, o mobiliário urbano e a iluminação pública local. O projeto prevê ainda a revitalização de ruas nos dois distritos.

Por: ForumSec21